TESTE: VEJA SE VOCÊ É POBRE

Já publicado no Blog Sérgio Luís NH no dia 10/05/2010

COM O TÍTULO: HUMOR 2 – TESTE VEJA SE VC. É POBRE

Você é Pobre? Verifique se você preenche os requisitos para ser um verdadeiro pobre.

Abrir tubo de pasta de dente com tesoura para aproveitar o restinho que sobrou.
Acender latinha com álcool dentro do box do banheiro em dia de frio.
Acordar cedo no domingo para lavar o carro antes que a água acabe.
Amarrar o cachorro com fio de luz.
Amarrar perna de óculos com arame.
Andar com aquela carteira profissional ensebada no bolso de trás.
Andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem que você tem ar condicionado.
Andar pendurado na porta do ônibus.
Anotar recado de telefone em papel de pão.
Apertar parafuso da antena de TV com faca de ponta redonda, porque a chave de fenda esta sendo usada para travar o vidro do carro.
Aproveitar a chuva para lavar o carro.
Aproveitar garrafa plástica de refrigerante para botar água na geladeira.
Aproveitar sobra de carpete para fazer tapete.
Balançar a toalha com farelos de comida na janela.
Botar folhas de jornal no chão do carro para tirar a umidade.
Botar neon igual da Super Máquina no para choque do automóvel Miura.
Botar papel com álcool no sapato para amaciar.
Brigar com meio mundo só porque o caixa não deu o troco de 3 centavos.
Calçar o sofá sem perna com tijolo.
Chorar no último capítulo da novela.
Chupar os dentes. (Para não usar palito)
Colar dinheiro com durex ou fita isolante, deixando aquela faixa…
Colar o pivô com Super Bonder para não ter que ir ao dentista.
Coleção de caneca de cerveja na sala de visitas.
Colocar água na garrafa de suco para aproveitar o restinho.
Colocar arranjo de fruta de plástico na mesa da sala.
Colocar palha de aço na antena da televisão.
Colocar copo de água em baixo da cama e da mesa para as formigas não subirem.
Colocar maio e biquíni e tomar sol na represa.
Colocar plástico em cima do telhado para evitar goteira.
Colocar um tijolo atrás de cada pneu do carro para ele não descer na ladeira.
Comprar carro novo e não tirar o plástico dos bancos, para todos saberem que é novo.
Comprar churrasquinho com vale transporte.
Comprar quatro pares de tênis igualzinhos pois a promoção era “imperdível”.
Comprar um maço de beterraba com folha e tudo, e utilizar as folhas para “fazer uma sopinha”.
Consertar tira de sandália havaiana com grampeador.
Construir a calçada de casa com cacos de tijolos velhos, formando aqueles desenhos lindos.
Conversar com um amigo, cada um de um lado da rua.
Convidar os amigos para o churrasco de seu aniversário e pedir para cada um trazer uma coisa(carvão, espeto, carne, etc.).
Copiar modelo inteiro da vitrine para depois fazer em casa.
Correr a casa inteira com o chinelo na mão atrás da barata.
Correr atrás do guarda-sol na praia gritando “pega, pega!”.
Dançar lambada com a sogra, passar uma rasteira na velha e mandar para as video-cassetadas do Faustão.
Dar caixa de chocolates para o amigo-secreto.
Dar presente embrulhado com papel das Casas Bahia.
Dar uma festa e pedir mesa e cadeira para os vizinhos.
Decorar o muro do quintal com plantas em lata de óleo, leite em pó e tijolo.
Decorar vasos com flor desidratada e de plástico.
Deixar a bacia em cima da cama antes de ir para o trabalho para, se caso chover, a goteira não molhar sua cama.
Deixar a unha do dedo mindinho comprida para tirar cera do ouvido.
Discutir na feira.
Em dia de chuva amarrar saco plástico em volta do sapato para não molhar.
Embrulhar caixa de fósforo com papel de presente para pendurar em árvore de natal.
Enfeitar estante da sala com lembranças de casamento.
Enrolar, ao contrario, bobina de maquina de calcular para aproveitar o outro lado.
Entrar de loja em loja perguntando os preços e dizer pro vendedor: “Só tô dando uma olhadinha, qualquer coisa volto mais tarde”.
Entrar em loja de R$ 1.99 e querer achar um presente legal.
Entrar na sessão de carne do supermercado e ir direto para o balcão de pelancas.
Escrever na lataria de carro sujo: “LAVE-ME, POR FAVOR”.
Esperar passar das 12:30 para ir à feira só para pegar um “precinho mais em conta”
Esperar todo mundo da casa usar o banheiro para dar descarga só uma vez.
Esquentar a ponta da Bic para ver se ela volta a escrever.
Esquentar pão de 10 dias no microondas, servir para visita, e dizer: “Tá quentinho, acabei de trazer da padaria”.
Esticar a língua para lamber o fundo do copo de iogurte.
Falar para os amigos na praia “Quero ver se você faz isso” e dar aquela cambalhota.
Faróis amarelos.
Fazer a barra da calça com fita crepe.
Fazer coleção de porta copos de bar.
Fazer jogo de futebol com os times “camisa” contar os “sem camisa”.
Fazer pacote com bolo e brigadeiro para entregar na saída do aniversário.
Fazer uma casa e colocar chaminé no telhado só para todo mundo pensar que você tem lareira em casa
Ficar balançando lâmpada queimada para ver se volta a funcionar.
Ficar com fome durante a ponte aérea, não comer nada e levar o lanche para a esposa.
Ficar discutindo com os amigos quantas barbas dá para fazer com uma lâmina.
Fingir que está dormindo no ônibus para não dar lugar a quem está de pé.
Forrar palmilha com jornal para não passar frio no pé.
Gritar pela janela do ônibus para o amigo e ele fingir que não te ouviu.
Guardar aqueles cacarecos em cima do guarda-roupas.
Guardar caixinhas de pasta Bolinhos e esperar pela promoção.
Guardar cueca furada para passar cera no carro.
Guardar refrigerante com colher pendurada na boca, para não perder o gás.
Guardar resto da macarronada para fazer sopa no outro dia.
Guardar sobra de material de construção em cima da laje.
Guardar sobras de sabonete para depois fazer uma bola só.
Guardar vinho velho para fazer vinagre.
Homem careca com rabo de cavalo.
Invadir a roda de amigos para contar a piada do não nem eu.
Ir a praia em dia de chuva e levar toda a família.
Ir a um cinema 3D e levar o óculos para casa.
Ir a um restaurante chique com a namorada, ver a manteiga em cubinhos, pegar um palito, comer e só após constatar que era manteiga e ainda dizer para a namorada: “Adoro manteiga desde pequenininho”…
Ir a um restaurante famoso, e levar o cinzeiro como “lembrança”.
Ir ao banheiro e fazer bola de papel higiênico molhado para jogar no teto.
Ir ao estádio de futebol, entrar pela geral, e pular para as sociais.
Ir ao restaurante e, antes de pedir a comida, perguntar se aceita ticket.
Ir em casamento com camisa de time de futebol.
Ir embora do restaurante que não aceita seu ticket.
Ir pro trabalho de bicicleta, e dizer que é para manter a forma.
Ir visitar um amigo, estacionar na frente do prédio, ignorar o interfone e começar a buzinar e gritar lá de baixo.
Jogar algodão na árvore de natal para dar efeito de neve.
Lamber a tampa metálica do iogurte.
Lamber ponta de borracha para apagar erro.
Lavar fralda descartável com pinho sol, para usá-la novamente.
Levantar de noite com sede e tomar água da pia do banheiro com a mão.
Levar material escolar em saco de açúcar união em dia de chuva.
Levar sopa na garrafa térmica.
Luz colorida no corredor.
Mascar chiclete e dar um pedaço já mastigado para outro… Quer?
Mascar chicletes 3 horas seguidas até ficar branco e sem gosto.
Na hora do rango brigar com a mãe por causa da mistura.
O irmão que pisa para dentro dar o tênis depois de usado para o irmão que pisa para fora para gastar o restante da sola.
Oferecer sagú para as visitas.
Palitar dente com palito de fósforo, apontado com a faca do almoço suja de feijão.
Passar cuspe ao cotovelo ressecado para amaciar.
Passar final de semana na calçada tomando cerveja e comendo churrasco.
Passar miolo do pão no pote de margarina e prato de macarrão e mandar para baixo.
Passar o fio dental e depois cheirar para ver se o dente está podre.
Passar óleo queimado no cachorro para acabar com a sarna.
Passar pomada Minancora nas espinhas e sair com a cara toda branca.
Pechinchar em liquidação.
Pedir ao padeiro pão velho para fazer “farinha de rosca ” e aproveitar para fazer umas torradinhas para tomar com chá preto.
Pedir para o açougueiro “miúdos para comida do cachorro” e fazer uma “comida exótica típica da Indonésia” para a visita.
Pedir pro cobrador do ônibus passar dois na roleta.
Passar óleo queimado no cachorro para acabar com a sarna.
Pedir pro filho ficar abanando o churrasco com tampa de caixa de sapato.
Pedir pro marido ir ao supermercado comprar pouca coisa e mandar ele trazer.
Pegar ônibus errado e ir até o ponto final para não desperdiçar o dinheiro.
Pendurar rolo de papel higiênico na parede com arame.
Pendurar roupa na janela.
Pentear bigode e costeleta enquanto anda pela rua.
Pisar em sujeira de cachorro e limpar no meio fio.
Polir metade do carro por que faltou cera.
Quando estiver resfriado, assoar o nariz com o dedo na pia. (Para economizar papel higiênico)
Receber visita e mostrar toda a casa.
Reformar a casa gastando R$ 50.000 e deixar as lâmpadas penduradas porque não tem R$ 10,00 para comprar as arandelas.
Regar as plantas de casa com panela.
Rifar caixa de chocolate e dizer que é ação entre amigos.
Sair correndo e se matar para pegar ônibus que já está saindo do ponto.
Sair de casa com bobs na cabeça
Secar tênis atrás da geladeira.
Subir na laje para mexer na antena e ficar gritando lá de cima: “Melhorou?”.
Ter cortininha de plástico no chuveiro.
Ter enfeites de navio na sala.
Ter um pingüim em cima da geladeira.
Tirar cadarço do sapato do pai, cortar ao meio para fazer dois para o tênis do filho.
Tirar cera do ouvido com chave do carro e tampa de caneta.
Tomar banho de tanque, mangueira ou caneca.
Tomar cerveja em copo de requeijão.
Tomar martini em copo de plástico.
Usar calça social com tênis.
Usar calção de náilon manchado de tinta para buscar pão de manhã.
Usar fundo de garrafa descartável para colocar plantas.
Usar gravata colorida e com estampa de bichinhos só para dizer que é publicitário.
Usar meia com chinelo.
Usar microondas só para esquentar comida.
Usar o único ticket que o restaurante não aceita.
Usar ombreira para esconder a rampa do ombro.
Usar pôster de carro importado para esconder mancha de umidade na parede.
Usar pregador de roupa para manter fechado saco de açúcar, arroz, farinha, etc.
Usar prendedor de roupa para pendurar recado no trinco da porta.
Usar resto de sabão para tapar vazamento no bujão de gás.
Usar saco de arroz Tio João para encapar material escolar dos filhos.
Usar sacola plástica para botar lixo.

Anúncios

Sobre unidadenoespirito

homem de 46 a 55 anos região sul Brasil
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s